Por menos impostos [crônica]

Isto não é um artigo ou uma crônica. Esta longe de ser um conto ou ensaio. Estou escrevendo um manifesto. Venho através deste protestar contra todos aqueles que me roubam mensalmente. Não há… Continuar lendo

Fatos Cotidianos 2 [conto]

Pobre rapaz. Não foi fácil. Nasceu prematuro de sete meses. A mãe morreu no parto. A vida não fazia mais sentido pro pai, que mal lembrou dele, quando ele ficou três semanas na… Continuar lendo

Fatos Cotidianos [conto]

Cheguei em casa as sete da noite. Minha esposa estava sentada no sofá, fumando. O sofá era velho, verde musgo. Já foi um outro verde um dia. Tinha umas partes rasgadas, não era… Continuar lendo

Sobre o seu futuro [crônica]

Quero informar a todos. Tenho 6.385 anos de vida. Isso no seu ponto de vista. Da onde venho não há esta necessidade de contar o tempo. Agora eu até escolhi uma data de… Continuar lendo

Fragmentos de pensamentos lisérgicos em madrugadas intermináveis [fluxo de consciência]

Todo trabalhador operário tem que pegar ônibus. E nós somos a maioria. Então quando chega o horário de pico, entre seis e nove da manhã e cinco e oito da tarde, os coletivos… Continuar lendo

Prólogo – Da série Rebeldinho Egocêntrico [crônica]

É estranho quando chega o fim do dia e você não se lembra do que estava sentindo quando acordou. De repente você acende um cigarro e parece que o dia começou ali. Você… Continuar lendo

Eu sou o Zaratustra da montanha!* [crônica]

Cheguei à conclusão do que não consigo compreender o por que as pessoas, na grande maioria dos casos, não pensa como eu. Tudo bem, é meio egocêntrico o tema. Mas analisando friamente, esta… Continuar lendo

O que vai mudar depois dos 50? [crônica]

Para espanto de alguns, a vida depois dos 50 não é nem melhor nem pior do que antes, é quase igual. Para que os mais inexperientes entendam, é como fazer 18 anos. Não… Continuar lendo

Pós-morte e sentença de Reginaldo [conto]

“Putz, acho que me livrei dessa.”     “Não se livrou.”     “Hã? Quem é você?”     “Quem eu parece ser?”     “O Diabo!”     “Bingo! Como bônus você… Continuar lendo