Estômago Retorcido x Cabeça Dilacerada [fluxo de consciência]

Imagem | Antimidia

Imagem | Antimidia

Release the dogs! É hora de deixar tudo para trás e sair correndo direto para casa do papai. Tudo é engraçado, até alguém se machucar. Vamos passar pelas cinco fases e os doze passos e depois quem sabe ainda podemos ser amigos. Daquele tipo que não se vê e não se fala. Quando se cruza na rua cumprimenta, sorri, diz que tem saudades dos bons tempos, e espera mais dez anos por um infortúnio do destino. “I sat by the ocean and drank a potion, baby, to erase you.” Chegou a hora de fazer como as pessoas comuns fazem com suas vidas comuns e suas rotinas comuns.

Acordei com a cabeça latejando e o corpo moído. Qualquer movimento provoca uma onda de dor que se espelha na velocidade da luz por todo quarto. A cama é ruim, a parede tem mofo, o armário não tem porta e eu não tenho mais a menor vontade de viver. Se você não tem nada a dizer então cala a boca! “I’m machine, obsolete, the land of the free, lobotomy” Precisamos de novos heróis, e as evidencias dizem que eles não virão das urnas nem das ruas. Voltemos para os gibis, já que Freud e Foucault não dizem absolutamente nada de relevante.

A Copa acabou, agora só falta terminar as obras e ninguém nunca mais vai falar disso. “There’s a time for daring and there’s a time for caution, and a wise man understands which is called for.” Questionar está fora de moda e é anti-democrático. Vamos falar sobre a NASA ter anunciado que a vida extraterrestre é tão certa quanto a morte. Não dá mais tempo de se arrepender, já venderam tudo. “It’s just another love song, another love song.” Vamos nos livrar da culpa e ser mais felizes. Serão lagrimas, suor e sangue de felicidade, pelas próximas gerações. Ninguém liga para os girinos. Em lugares próximos a lagos é comum as crianças assassinarem milhares de girinos dando eles para os gatos brincarem.

Sem dor! Sem dente! Nunca dá para ter tudo. Foram só falsas expectativas com falsas verdades. Sobrou o aluguel e o elefante com a bunda virada para porta. Lembranças e histórias para contar. Daquelas que se tem um pouco de vergonha e uma pontada de orgulho e outra parte de tristeza.“I’m gon’ do the damage ‘til the damage is done.” A única coisa que penso quando estou escutando Caetano Veloso é que os bons tempos não foram tão bom quanto dizem. Vamos comprar carros novos, casas grandes e panelas elétricas. Transar uma vez por semana, frequentar reuniões de pais e ir em festas de crianças!

Going to the dentist, podiatrist, oncologist. Cut hair, shave the beard and have good skin. Swimming club and have breakfast at the bakery. Wash the car on Sunday and ice cream. Sleep at night and live day. Pay the rent, pay the taxes, pay the credit card and pay the light, pay the water, pay the garbage, pay the food and pay the life. Watching TV, hear radio, surf the internet, answer the e-mail and look the advertising. Take advice and plant a tree and have a child and write a book. Dream with the impossible and work hard. Have hope, have faith, have a big fat bank account. Take care of health and the puppy. I chose nothing, and I was left with almost all.

Não aguento mais pensar. No que poderia ser, no que é ou foi, no que será. Perdi todas as chances e tudo ainda pode acontecer. Até perder de 7×1. Queria mais uma chance. O mundo dá voltas e as mentiras ficam todas para trás. A longo prazo, a verdade nunca trás felicidade. Que só vem se você ganhar na loteria, se não tem que ir buscar. Longe. No fim do por do sol. Perto de lugar nenhum. Alguns querem morrer por que estão infelizes, por que não tem namorada, por que a namorada é um pé no saco ou por que não tem dinheiro. Outros por nada.“Every passing minute is another chance to turn it all around.”

Anúncios