Empurrando árvore [fluxo de consciência]

Aonde os inocentes são culpados. Fazer o bem não é necessariamente fazer o certo. Por que os fins justificariam os meios? Por que não aconteceu com você! Esta tudo interligado. É o poder das redes sociais. Somar nada com coisa nenhuma. Para alguém ganhar outro tem que perder. Nem esquerda, nem direita, centro. Nunca dá tempo. Quando sobra é desperdício. Uma hora tudo vira frescura. Passa. Próximo.

Recomeçando. O mercado que regula os preços. Ninguém escolhe o errado. Ninguém quer fazer o errado, mas faz! Acontece que o futuro é imprevisível. A vida é fácil. Jamais vi um duende. Doentes têm de monte. O proibido é mais gostoso. Tipo torta de morango de padaria. Repeti. Acusação sem prova é difamação. A fama é uma droga, que todo mundo parece que quer. Fama de mau. Fama de louco. Fama de boa pessoa nunca é boa. Fez a fama deita na cama.

Lá longe. Escondido. Entre o nada e o lugar nenhum. Sozinho não se chega a lugar nenhum, nem a nada. Perdi minha fé e fiquei lá parado. Não significa que desisti. Não significa nada. Como discurso de político. Mentira. Ela não estava lá. Cada um acredita naquilo que quer. Desejo que tudo se exploda. Vamos construir de novo. Desta vez com menos malícia. Sem gol de mão. Com categoria. Com esperança. Com vontade.

Tudo mundo pelo menos uma vez já teve vontade de fugir. Para qualquer lugar em que a inocência prevaleça. Chega de ficar divagando, hora da ação. Você sabe o caminho? Qualquer um serve agora que emagreci um pouco. De quem é a culpa? De todos nós. Muda o tom. Só não vale tocar em ré, tem que ser para frente. Brasil sil sil.

Todos os problemas parecem pequenos frente ao grande problema que não se sabe ao certo qual é. Preciso ser mais organizado. É só uma fase. Salva da onde você parar. Não pare de lutar. Continue tentando. Vai acabar tudo bem. Pintar as paredes revitaliza o ambiente. Quando pintar uma coisa boa te chamo. Família a gente não escolhe. Vem de presente. O presente é sempre uma surpresa. O passado ficou para trás, vamos simplesmente esquecer. Amanhã é outro dia.

A tendência ao fracasso é indisfarçável. Não consigo explicar. É da minha natureza. Animal tem que viver solto. O que diferencia a vitória da derrota? Os números! Eles não mentem, mas enganam. Não conte a ninguém e ninguém vai saber. Quem vai dar falta? O professor. Agora tem que pedir para tirar. A diferença fica para o intermediário. Sempre existe um meio termo. É um trabalho sujo, mas alguém tem que fazer.

Não tem como fugir. O melhor assumir o controle. Não há bom senso. Tensão. Desceu tudo pelo ralo. Salve-se quem puder. Não há nada na sexta-feira a tarde que não possa ser feito na segunda-feira de manhã. Então vamos ficar calmos, acender um cigarro, e esperar. Me precipitei de novo. Agora é tarde, vou dormir.

Anúncios