Antiga Nova Ordem [conto]

Brasileiros e brasileiras, a meia noite de hoje deveram abandonar suas casas e se apresentar na praça mais próxima da residencia, independente de idade ou condição física. Os homens deverão estar trajados com calca jeans, camiseta branca e sapato preto. As mulheres trajar-se-ão com uma saia vermelha longa, camiseta branca e sapatos vermelhos. A partir deste momento todas os bens, de todos os brasileiros, serão de propriedade do Governo de Transição. Não sera permitida a posse de nenhum tipo de objeto, e todos os bolsos devem estar vazios. La receberão instruções de um Representante do Estado, que poderá ser identificado através de sua forte escolta.

Todos os títulos, cargos e concessões estão revogados indeterminadamente pelo Governo de Transição, que desta forma nivela todo cidadão como Operários do Coletivo Unificado. O Estado também passara a comandar todos os bens (moveis ou imoveis, tangíveis ou intangíveis), industrias e bancos que ainda não estavam sob sua direção Extinguam-se a propriedade privada e instala-se a propriedade coletiva. Qualquer um que se opor a esta situação sera considerado traidor da Antiga Nova Ordem e uma ameaça ao coletivo, sendo punido exemplarmente.

Qualquer tipo de reação a proclamação da Antiga Nova Ordem sera reprimida com a severidade exigida pela situação Recomendamos que não expressem nenhum tipo de emoção após as palavras do Representante do Estado. Não estão autorizadas nenhuma forma de manifestação nem reuniões em grupo. Qualquer tipo de duvida, sugestão ou denuncia deve ser encaminhada e protocolada por escrito junto ao Representante do Estado mais próximo

A não presença a convocação, reclamações, resistência a Antiga Nova Ordem, obstrução da construção desta Antiga Nova Sociedade, não enquadramento nas novas normas de moral e conduta prol coletivo, e qualquer ação que contrarie as vontades do Estado, acarretarão em punições imediatas: repressão verbal, repressão física, prisão e execução. A circulação fora do perímetro estipulado para cada individuo esta vetada.

Todos serão fichados e receberão uma nova certidão de nascimento, que servira como documento único. Este papel e a garantia dada pelo Estado de que nunca mais um brasileiro dormira ao relento ou passara fome. Para sua segurança e muito importante que vocês nunca se separem dele e forneçam as informações corretas quando interpelados.O não comprimento destas orientações acarretara em prisão imediata.

Tudo que não seja extremamente necessário para sobrevivência e perpetuação das especies que habitam nosso vasto território deixara de ser produzido, consumido e esta banido. Também esta banido o comercio, incluindo o escambo, entre os Operários do Coletivo Unificado, já que o acumulo de bens e capital não sera tolerado. O Estado e o único provedor e parceiro do individuo. Não existem interesses nem acima, nem abaixo, do coletivo e sua manutenção.

Com o passar do tempo aqueles que não compreendem a necessidade destas acoes entenderam, aceitarão e cooperarão com a Antiga Nova Ordem. Programas de Antiga Nova Educação serão iniciados em breve. Todos devem se esforçar e se sacrificar, com a própria vida se preciso, pela manutenção da Antiga Nova Ordem. Qualquer posição tomada que não neste sentido sera vista como um atentado ao coletivo. Esta sera uma era lembrada pelo cooperação, progresso social e paz. Um tempo sem fome, sem desigualdade e de prosperação dos homens livres dos vícios gerados ao longo do Seculo XX.

Anúncios